Environmental Management 5-year Plan (2014-2018)

Sustentabilidade Ambiental

O Aeroporto Internacional de Macau é um dos principais canais que liga Macau a outros países e regiões pelo que deve cumprir  as suas responsabilidades como promotor do  conceito de “Protecção Ambiental”, junto de todos os departamentos do aeroporto e, também, da sociedade. A “Protecção Ambiental” é uma parte fundamental da responsabilidade social e um elemento fulcral do desenvolvimento sustentável de cada país ou região. A implementação prática de medidas de “Protecção Ambiental” contribui tanto para o desenvolvimento de uma Macau Verde como para o cumprimento da responsabilidade social e ajuda, também, a reforçar a missão do Aeroporto Internacional de Macau – “Segurança, Eficiência e Eficácia”.



Programa de Acreditação Aeroportuária de Carbono
 

O Aeroporto Internacional de Macau participou no Programa de Acreditação Aeroportuária de Carbono, organizado pela ACI, e, desde 2014, tem sido acreditado com o Nível 2 – “Redução”, tendo definido como meta “Reduzir as emissões de carbono por movimento em 20% até 2018, comparando com o nível de 2012”. Graças a um esforço contínuo em prol da redução das emissões, em comparação com 2012, o AIM reduziu 40% das emissões de carbono por movimento de aeronaves em 2018.

Em 2019, o Aeroporto Internacional de Macau estabeleceu outra meta "Reduzir as emissões de carbono em 30% por movimento em 2028, tendo por termo de comparação o nível registado em 2018" e procedeu a uma revisão do seu Plano de Gestão de Emissões de Carbono. O AIM deu início à implementação de mais projectos e medidas ambientais que podem ser tomadas para atingir a meta definida, tais como projectos de substituição da iluminação por lâmpadas LED, em várias zonas no interior do aeroporto, substituição de veículos antigos por veículos com baixa ou nenhuma emissão e busca de oportunidades para reciclar uma maior quantidade de resíduos provenientes da actividade diária do Aeroporto Internacional de Macau.

Após a implementação de alguns projectos e medidas ecológicos, bem como devido aos esforços conjuntos das entidades envolvidas, em 2019, as emissões de carbono por movimento de aeronave já tinham sido reduzidas em 18%, em comparação ao nível de 2018.



Prémio