Igreja e Seminário de S. José

Fundado em 1728, o antigo Seminário, em conjunto com o Colégio de S. Paulo, constituía a principal base de implementação do trabalho missionário na China, no Japão e na região. O Seminário de S. José veiculava um currículo académico equivalente ao nível de uma universidade e, em 1800, a Rainha D. Maria I atribuiu-lhe o título real de "Casa da Congregação das Missões". Adjacente ao Seminário, a Igreja de S. José, construída em 1758, constitui um modelo exemplar de arquitectura barroca na China, conforme é referido no Atlas Mundial de la Arquitectura Barroca, publicado pela UNESCO em 2001.