Museu de Macau

O Museu de Macau, inaugurado em 18 de Abril de 1998, é um espaço dedicado à história e cultura de Macau, possuindo um vasto espólio de objectos de valor histórico e cultural que demonstra a forma de viver das diversas comunidades que nela têm habitado ao longo dos séculos.

No primeiro piso é feita uma apresantaçã o comparativa das conquistas civilizacionais do Oriente e do Ocidente anteriores à chegada dos portugueses a Macau, ocorrida em meados do século XVI. São ainda apresentados aspectos da histó

ria de Macau, os contactoscomerciais, as religiões e culturas predominantes. No segundo piso, o visitante tem a oportunidade de conhecer diferentes aspectos da arte popular e tradições, hábitos da vida quotidiana, especialmente de lazer,

cerimónias religiosas e festivais tradicionais. O terceiro piso é dedicado à vida actual da cidade, focando algumas personalidades do mundo da literatura e das artes. O Museu de Macau está localizado na Fortaleza do Monte, a principal estrutura defensiva da cidade construída pelos jesuítas no início do século XVII. O projecto

arquitectónico composto por dois níveis subterrâneos e um terceiro situado no topo da Fortaleza, procurou respeitar a configuração da Fortaleza. Situada no topo da Colina do Monte, a Fortaleza oferece uma vista panorâmica de toda a cidade, especialmente das Ruínas de S. Paulo (vestígios da Igreia da Madre de Deus e do Colégio de S. Paulo).

Em 15 de Julho de 2005, o Centro Histórico de Macau, de que fazem parte a Fortaleza do Monte e as Ruínas de Sl. Paulo, foi oficialmente inscrito na Lista do Património Mundial da UNESCO.